Livros que me fizeram chorar muito!

Bom, com certeza você leitor já chorou por causa de um livro, comigo não seria diferente. Principalmente quando o romance é um drama; que envolva coração partido, morte, animais e etc...
Foram tantos os livros que me fizeram chorar  ao ponto de embaçar a minha visão, que não caberia nesse post!

Vou tentar não repetir alguns livros que já citei em outras colunas. Porém, tem sempre um que eu não poderia deixar de lembrar.



Pássaros Feridos é sem dúvidas um dos meus livros preferidos ( e sempre que eu puder inclui-lo em alguma postagem irei fazer) Li quando ainda era adolescente, talvez meu primeiro livro de ficção contemporânea mais arrasadoramente brilhante, verdadeiramente épico, marcante, sensível e denso. Não tem como não chorar, além de que um dos personagens principais Ralf (padre) dividir opiniões: Ele é ou não é um pedófilo?  Já que assim que viu Meggie, até então ainda criança, passou ter uma certa proteção?



















Um livro que me fez chorar, e também pode ser acrescentado na categoria de filme que me levou as lágrimas. Gente, não tem como não se emocionar, o amor que envolvia Marley e seu dono é lindo. É sério, eu fiquei tão traumatizada que não penso em reler o livro, ou mesmo, assistir o filme. Não sei se meu coração aguentaria novamente. Só de olhar a capa e lembrar do enredo, já fico de coração partido... 













Não tenho como não citar: Domínio dos Deuses, um livro da extinta Editora Nova Cultural. Um livro completo: Guerras, morte e romance. Pense em um casal que viviam brigando; Ela era romana e ele celta, povos inimigos. Livia não era mais uma mulher livre, agora era escrava de Cedric. Essa mulher passa por tanta coisa, tantos sofrimentos psicológicos e físicos que não tem como não chorar. Se esse livros fosse lançado hoje, com certeza causaria um furor daqueles!















Mais um livro antigo ( não sou tão velha, lembrando que eu só tenho 26 anos) porém, um lindo romance. Richard Collier se depara com uma senhora que misteriosamente pede para ele voltar para ela. Intrigado ele começa a investigá-la e descobre que ela foi uma conceituada atriz de teatro, no início do século, chamada Elise McKenna. Obcecado, ele decide viajar no tempo usando a auto-hipnose e acaba a encontrando. O livro tem somente 288 páginas, todavia é muito tenso, romanticamente lindo. Não tem como você não se envolver, não se desesperar com a angustia de Richard em voltar no tempo para os braços de sua amada.












Eu não poderia deixar de fora um dos livros de Nicholas Sparks. O melhor de mim, foi o segundo livro que li do autor e que realmente me emocionou muito. Amanda e Dawson, é tipico casal que provam para o mundo que o amor não morre, ele apenas adormece.










                               






Lembro-me muito bem, como chorei da primeira á ultima página. Na Época não imaginava que a autora era brasileira. A forma como Lizzy foi encontrada, sentada na calçada, chorando e com muita forme, partiu meu coração. É uma linda história de amor e me emocionou muito, isso não deixa dúvidas.











                                        





Não tem como eu não indicar esse romance. Na verdade, sempre choro quando envolve mulheres grávidas que foram abandonadas, só de imaginar deve ser um sofrimento muito grande. Se quer uma história que vai aquecer seu coração de tal forma que será impossível impedir das lágrimas caírem, sugiro que leia.









                                         




E por último um livro que me apaixonei no momento que ele foi lançado; amor à primeira vista. Emma só tinha 15 anos quando casou, ainda era uma menina. Sofreu o pão que o diabo amassou. Posso dizer que é um romance histórico digno de uma adaptação para o cinema. Não tem como não se emocionar com a história dessa jovem rainha.










Gente, é isso... Tentei escolher com cuidado, já que foram muitos livros que conseguiram me emocionar de verdade. Se eu fosse falar de todos, nossa mãe, seria um post enorme. Até a próxima!


6 comentários:

  1. Oi, Wanderléa! Tudo bem?

    Eu quase infartei ao ler Marley & Eu. Que livro é esse?
    Devastou minha vida e fiquei em choque por muito tempo! Mas adorei ler esta biografia de John Grogan.

    Beijos,
    Danny
    Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Danny,
      eu nem consigo mais imaginar a história, por simplesmente ir as lágrimas só de imaginar. kkkkk

      beijos.

      Excluir
  2. Oi Wanderlea! Menina, nem te conto, mas sou dessas que chova rios de lágrimas quando lê uma história incrível. As vezes parece que me desintegrei e que não existe motivos para continuar a viver. Vou dar uma conferidas nos livros que você citou.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKK somos duas Priscila, tem livros que eu fico totalmente na deprê!

      Excluir
  3. Eu fujo muito de livros que me fazem chorar. Já basta a realidade sofrida dessa vida (risos).
    Mas desses, eu tenho muita vontade de conhecer o "A Rainha Normanda", porque essa capa me chama atenção deste que eu o vi em um evento aqui na minha cidade.
    Marley e Eu já basta o filme, que aquilo é sofrência de mais alto grau. Eu não aguentaria o livro não!

    Beijinhos =*
    www.umsofaalareira.blogspot.com.br
    www.youtube.com/InsoniaNerdTvUmSofa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Miaka,
      Atualmente eu também tento fujir. Mas, parece que eu tenho um chama para eles.kkkkkkkkk

      Excluir