Stefani fica aterrorizada quando sai do banho e mãos fortes invisíveis tocam em seu ombro e a empurra em direção a cama.
Em pânico e nua, ela quer gritar, pedir por socorro, sabia que seus pais estavam em algum lugar do anda de baixo da casa, mas o seu corpo não obedecia ás ordens de sua mente. Quando de repente sente um toque em sua face, ela podia sentir o calor daquela mão suave de encontro a sua pele que em segundos desciam pelo o seu pescoço chegando ao seu ombro e com muita delicadeza e suavidade desliza até sua barriga fazendo-a explodir em emoção sobrepondo o medo e a razão..

Realidade ou Loucura? Ela teme que seu juízo esteja seriamente comprometido. 

ISBN: 856178463-8
Editora: Pandorga
Pág: 295
Classificação: 






Stefani sofre de amnésia desde dos 14 anos, quando sofreu um acidente; tinha caído da escada de sua residencia que ficava em Higienópolis em São Paulo. Por conta da queda ficou em coma, voltando apenas um ano depois em uma cama de hospital.

Por conta da amnésia Stefani não possui lembranças do seu passado, teve que refazer sua vida, vivendo um dia de cada vez, atualmente com 21 anos é uma mulher quase feliz vivendo em Miami com sua família e tendo como Best friend Lillian. Porém, mesmo assim, se sentia triste. Algo dizia que seus pais não estavam sendo totalmente verdadeiros sobre seu passado, Sua mãe Alexandra sempre ficava nervosa quando ela perguntava coisas demais. Sua alma, exigia respostas que com o passar do tempo se acumulavam ainda mais, e sempre que tentava lembrar de algo, horríveis dores de cabeça faziam com que ela desistisse de tentar ir além das brumas que cobria seu passado.



Em uma certa manhã, Stefani estava se preparando para mais um dia em sua vida, tudo dizia que seria como outro dia qualquer, até que sentiu que alguém tocava seu queixo, inicialmente ficou paralisada de medo. Ela não estava sozinha naquele quarto, tinha alguém a mais.


Stefani sentiu um novo toque no rosto. Podia sentir o calor daquela mão suave roçando sua pele. Rapidamente o toque desceu pelo seu pescoço, chegou ao seu ombro e, com muita delicadeza e suavidade, deslizou até sua barriga. Pág. 21
Benjamim era seu anjo protetor, ele tinha uma missão especial, porém não sabia os detalhes, a única coisa que sabia, era que essa missão envolvia Stefani. E desde o primeiro momento que a viu, sentiu algo diferente.... um sentimento forte que anjos tecnicamente não era para sentir. Por conta desses sentimentos, ele sofria por não poder estar do lado dela como ele queria e sofria também, por tentar desvencilhar esses sentimento proibidos.

Mas, o desejo foi mais forte, ele se aproximou, queria tocá-la.O que ele não sabia era que Stefani iria sentir sua presença e até mesmo as suas carícias, o encontro de almas foi forte, tão avassalador que ela ficou perdidamente apaixonada mesmo sem ver o homem que a tocava.

'' você é minha, só minha!" Mas algo dentro dele respondia: Ela nunca será sua, você é apenas um anjo que está aqui para protegê-la. Pág 61


De um lado Stefani sofria por amar alguém que talvez existia só em sua imaginação e do outro, um anjo que sofria por amar sua protegida e por saber que aquele amor era proibido e impossível.



Além dos olhos. foi uma leitura que deixou-me dividida entre a curiosidade por saber o que aconteceria com a protagonista e com muita vontade de não continuar a leitura. Não que o enredo seja ruim, mas que em algumas partes se tornava monótomo demais, como por exemplos os vários momentos que Stefani sente dores, não vou mentir que chegou um momento que pensei que era muito sofrimento para uma pessoa só.

Elisete Duarte soube criar uma narração que em minha opinião tem picos maravilhosos e outros nem tanto, frisando bem o que me tirava do sério era os vários momentos monótonos de Stefani e suas dores. Tirando isso, deu para curti a leitura!

O livro não aborda somente o romance de uma humana com um anjo ( que inicialmente achei que fosse) e sim uma mulher em busca do seu passado que por algum motivo os pais escondia, Outro ponto que me irritava ( de uma maneira boa) A Alexandra mãe de Stefani que logo de cara conseguiu me tirar do sério. Gente que mãe é aquela? tudo bem que era amorosa, mas o que ela fez com a própria filha não se faz, era muito egoismo de sua parte esconder informações preciosas do passado da própria filha. E o pai? um banana que não estava de acordo com a forma que a esposava estava agindo, mas não fazia nada para mudar a situação.

Com o decorrer da história a trama vai se modificando deixando Benjamim em segundo plano, outros personagens principais vão surgindo como no caso do Henry que logo no começo a autora deixou transparecer que na trama iria ter um triangulo amoroso, Pois Henry foi um grande amor de Stefani no passado, mas acho que entendi mal. Ele era fofo para com Stefani que inicialmente gostou do encontro por acaso e até chegou a esquecer o tal homem invisível, mas depois que descobriu que ele era o rapaz que sua melhor amiga andava apaixonada mudou de opinião e de repente cólicas fortes começaram a surgir, eram tão fortes que ela se urinava sem querer.

Em alguns pontos logo no começo, eu já que sabia mais ou menos a que rumo a estória toda teria. Principalmente o segredo que Alexandra escondia de sua filha em partes eu tinha razão, só errei o alvo!

Quando vi a capa do livro pela a primeira vez, juro que pensei que seria um estória picante, realmente é, mas em alguns breves momentos, mesmo sendo breve são bem calientes. Bem que poderia ter mais.

Em certa parte o livro me deixou com tédio, pois o enredo estava abordando mais sobre o segredos do passado de Stefani  do que o próprio caso de amor proibido entre ela e um anjo. E quando a autora voltou a escrever tudo aconteceu rápido demais.

O romance tem tudo o que você pode imaginar, quando pensei que a leitura seria um fracasso, me surpreendi. Logo mais á frente Stefani deixa de ser chatinha para tomar as rédeas de sua vida, mas mesmo assim não deixa de ser um pessoa egoísta até o ultimo momento. Filha de peixe peixinha é, o que Alexandra fez com ela, acabou fazendo o mesmo com Henry ( deixa quieto )

Resumindo, gostei de ter dado uma segunda chance ao livro, pelo fim não conseguia mais parar de ler, acho que é bem possível que possa ter uma continuação, pois a autora deixou muitos espaços abertos na trama, final mesmo só para as personagens Monika e sua filha Angeline, pois o restante ficou solto.


A capa é linda uma das minhas preferidas, as páginas são amareladas que torna a leitura aconchegante, as letras estão no padrão perfeito para uma leitura demorada. Vi alguns erros de digitação, na verdade foram bem poucos.

E para finalizar só não dei cinco estrelas, por que realmente não gostei das partes que Stefani fica sentindo dores e mais dores.

Indico para leitoras que procuram um romance para fugir da rotina!






7 Comentários

  1. Oi!
    Eu tenho esse livro na estante, mas para falar a verdade sabia bem pouco sobre a história... Também imaginei que fosse um romance mais picante, mas gostei de saber que tem um lado sobrenatural. É uma pena que a leitura tenha partes monótonas...
    Bjs
    sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Evelise, sim realmente tem umas partes monótonas, porém tem muitas partes que compensa a leitura!

      Excluir
  2. Oi, pela capa eu pensei que ele fosse no estilo de 50 tons de cinza, que as cenas são bem longas e cheias de detalhes, parece ser um bom livro, e a capa é bonita


    http://chadesaudade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alessandra, eu também pensei, mas não é. Tem sim algumas coisas picantes mas são breve e bem calientes e não chega sem Hot. Acho que você erá gostar!

      Excluir
  3. Oie!
    Vi esse livro na livraria e fiquei interessada pela capa. Não fazia ideia que se tratava de algo sobrenatural, e achei interessante o passado da garota ser meio oculto e isso gerar um mistério na trama. Tenho preguiça de triângulos amorosos, mas me pareceu mesmo muito interessante toda a trama, quem sabe eu dê uma chance?:
    Beijos e parabéns pela resenha, foi mesmo instigante.
    Paradise Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carla, que bom que gostou da resenha, fico muito feliz! bom caso queira dá uma chance ao livro, tenho certeza que não vai se arrepender é uma leitura muito diferente!

      Excluir
  4. Ola! Tudo bem?
    Unha capa bem fermosa. Esse livro parece interesante, intentarei facerme con ele.
    Gustei muito da sua resenha.
    Estamonos a ler! =)
    Beijinhos da Espanha.
    http://abracalibro.blogspot.com.es

    ResponderExcluir